Toyota Corolla Lidera entre os Sedãs Médios com Folga

O segmento de sedãs médio vem perdendo espaço no mercado automotivo brasileiro, para você ter uma ideia no ano passado às 127.751 unidades vendidas.

Esse número de vendas representa apenas 5,17% do total 2.470.654 de novos veículos novos. Em relação aos sedãs o segmento não apresentou nenhuma novidade.

Sendo assim, sem concorrência mais uma vez o Toyota Corolla lidera entre os sedãs médios com muita folga, mas encerrou o ano com 59.062 unidades vendidas com uma diminuição de sete mil modelos a menos em comparação a 2017 esse número representa uma queda de 11%.

Desde 2013 que o modelo da Toyota não vendia tão bem assim quando vendeu 54.103 unidades e terminou o ano na segunda posição do ranking.  O Honda Civic com apenas 25.942 unidades vendidas praticamente está se mantendo estável e diminuiu a desvantagem de 40 mil para menos de 35 mil unidades.

Toyota Corolla lidera entre os sedãs médios, confira os modelos que estão atrás.   

O Chevrolet Cruze Sedan com 19.828 unidades vendidas conseguiu repetir o mesmo pódio dos anos anteriores.  O Nissan Sentra com apenas 4.422, em sexto lugar em 2017, cresceu em média 15% no passado.

O resultado está representando menos do que1/3 do total de veículos que foram vendidos em 2014, chegando a 14.270 vendas o melhor ano da sua atual geração.

Em relação ao modelo quinto colocado do ranking a novidade foi pequena com apenas 4.403 unidades vendidas, o Jetta teve um destaque negativo. Mesmo o modelo tendo uma nova geração lançada recentemente.

O modelo representante da Volkswagen teve uma queda de 43% das suas vendas e a vantagem caiu para menos de 150 unidades que tinha sobre o Ford Fastback 4.256.

O modelo C4 Lounge repetiu a mesma posição de 2017 e ficou posicionado em sétimo lugar, mas o seu resultado ainda é fraco. Outro modelo que teve resultado fraco no ano passado foi o Citroen que não passou de 3.229 unidades vendias, mesmo passando por uma reestilização ele teve uma média abaixo de 300 unidades mensais.

Já o Cerato com o reforço da promoção no início do 1º semestre do ano passado, conseguiu um crescimento de mais de 50% e subiu uma posição saindo da nona para a oitava colocação do ranking.

O modelo Mitsubishi Lancer teve um crescimento considerável, saltando de 422 para 1.663 unidades vendidas, o que fez o veículo ganhar uma posição no top 10.

Outro modelo que viu as suas vendas caírem bastante foi o Hyundai Elantra, ele teve apenas 1.072 unidades vendidas, o que representa uma queda de 50%.  Outro modelo também não teve resultado positivo em 2018, desde o seu lançamento o Peugeot 408 teve apenas 739 unidades vendidas, mesmo assim teve mais vendas do que as 688 unidades do Renaul Fluence que já deixou de ser produzido.

Encerramento do mês de Dezembro

O segmento de sedãs médios terminou o ano com números negativos. Ele ficou em baixa na casa dos dois dígitos entre os meses de junho a setembro, as vendas dos modelos médios de 10.317 unidades tiveram uma queda de 17% em dezembro de 2018 em comparação ao mesmo período do ano de 2017.

O Toyota Corolla lidera entre os sedãs médios com muita folga, mas mesmo assim somou resultados negativos perdendo mais de 21% dos seus clientes. Já o veículo Civic com 1.974 e o Cruze com 1.696 unidades tiveram um crescimento e se firmaram no pódio.

Com apenas 4 meses no mercado, o novo Jetta subiu para a quarta posição, mas teve apenas 404 unidades vendidas representando uma diferença de menos 10% em relação ao 1º colocado do ranking e com quase 36% abaixo do total do mês de dezembro.

Rate this post

1 thought on “Toyota Corolla Lidera entre os Sedãs Médios com Folga”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *