Toyota Corolla Supera a marca de 1 Milhão de Unidades Vendidas

Um dos sedãs médios mais conhecidos ao redor do mundo é o Toyota Corolla, que chegou neste ano a impressionante marca de mais de 1 milhão de veículos vendidos, somente em 2017.

Famoso pela relação entre conforto e eficiência, o Corolla tem adeptos em muitos países, e por aqui não é diferente, tem sua marca na história brasileira.

Toyota Corolla 2019

Foto: Toyota Corolla (Reprodução)

Pelo mundo a fora, a montadora já supera a marca de 40 milhões de veículos vendidos desde o lançamento em 1966, deste que é um dos maiores sucessos da fábrica japonesa. Este é o modelo de carro mais vendido na história, e chegou aos cinco continentes, com diversas atualizações que atraem cada vez mais os clientes, mesmo neste mercado tão competitivo.

No Brasil, o Corolla está entre os sedãs médios mais vendidos, e somente nesse ano superou os 60 mil emplacamentos, não distante dos seus concorrentes diretos como o Honda Civic e o Chevrolet Cruze, que são os luxuosos mais vendidos desta categoria de veículos. Mesmo a tanto tempo no mercado, ano após ano o Corolla supera a expectativa até mesmo dos clientes mais exigentes.

Conheça a história do Corolla

A produção desde carro japonês tão famoso no mundo inteiro começou em 1966, na província de Aichi, e se popularizou pelo mundo. Em 1980, o Corolla ficou famoso em Portugal quando surgiram os motores 1.8 a diesel, com câmbio manual de cinco marchas. No Brasil, a montadora trouxe seu queridinho em 1994, ainda como um importado.

Não demorou muito e a montadora japonesa abriu sua primeira fábrica em solo brasileiro, e a partir de 1998, o Corolla passou a ser produzido nacionalmente, e continuou um sucesso de vendas. Em 2002, uma nova roupagem na 9ª geração do modelo, com equipamentos modernizados e tecnologia de ponta, a Toyota assumiu a dianteira das vendas de sedãs médios no Brasil.

Em 2010 a montadora passou pelo maior problema com seus veículos ao redor do mundo. Um problema com os tapetes do carro causava acidentes, isto porque, acidentalmente o motorista poderia acelerar ou frear o automóvel bruscamente. Esta falha na produção causou o maior recall da história automobilística, com milhares de unidades voltando a concessionária para passar por reparos.

Esta foi a pior fase da história do Toyota Corolla, no Brasil e no mundo. Mas, especialmente por aqui, ele chegou a ter sua venda proibida no Estado de Minas Gerais a partir de uma determinação do Procon. Em 2011, um novo recall marcou a geração do Corolla, mas não teve o mesmo peso que o anterior, onde as vendas caíram consideravelmente.

Atualmente o Toyota Corolla está em sua 11ª geração e se mantendo forte contra os concorrentes na categoria de sedã médio de luxo. No Brasil, a produção das quatro últimas gerações marcou época para a montadora. Apesar das novidades do mercado, o japonês ainda segue firme no mercado pelo padrão de força, qualidade e eficiência energética.

A montadora segue sua linha de não criar novas gerações com espaço curto de tempo, mas segue ano a ano com avanços tecnológicos que deixam o Corolla sempre na lista dos top de linha em tecnologia, no mercado brasileiro, ele segue na quarta colocação em vendas de sedã médios este ano.

Porque ele é o queridinho japonês

O Toyota Corolla é um veículo bem-sucedido de vendas no mundo inteiro, mas no Brasil, ele supera as expectativas da montadora a anos, justamente porque parece que o carro foi pensado e fabricado para os tipos de ruas e estradas que encontramos por aqui. Muitas ondulações, buracos e desníveis na pista tendem a atrapalhar a direção, mas para o Corolla isto não é um grande desafio.

O Toyota Corolla tem um tipo de suspensão que se adequa a qualquer terreno. O esquema de suspensão dianteira é semi-independente por eixo, e na traseira, o veículo é mais alto em relação ao solo. Com este tipo de suspenção até em ruas sem asfalto e “off road” o carro consegue manter a estabilidade.

No quesito espaço interno e conforto, o Toyota Corolla está servindo muito bem seus clientes. Na questão tecnológica e design, o que marca a história desse sedã no Brasil é a confiabilidade que a montadora passou aos seus clientes. A tradição da mão de obra barata e de qualidade aliada a baixa manutenção, fizeram do Corolla um sinônimo de eficiência e qualidade.

Apesar do conservadorismo na engenharia do carro, os japoneses entregam aos clientes brasileiros um carro dotado de muita tecnologia. Há muitos anos o Corolla é um carro de motorização potente, mas com um motor econômico para a categoria. Na relação com o cliente, o pós-venda dos japoneses é considerado um dos melhores, já que a montadora tem uma boa reposição de peças além de baixos índices de reparos em seus veículos.

Conheça a lista dos 10 sedãs mais vendidos do Brasil

No primeiro semestre de 2017, apesar na queda do número de sedãs médios vendidos no país, a categoria tem emplacado muitos carros. A relação custo benefício destes veículos tem uma gama de clientes cativos, que não trocam o conforto de um sedã luxuoso por carros como os SUVs compactos ou esportivos.

Outro fator que torna esses carrões campeões de venda é a relação entre o custo e benefício. Os sedãs tiveram uma modernização em seus motores que melhorou consideravelmente o desempenho dos motores, e na mesma proporção, o consumo de combustível teve uma queda acentuada, tornando os luxuosos tão econômicos quanto aqueles famosos carros 1.0, que não gastavam, mas também não andavam.

Apesar da queda no número de carros vendidos nesta categoria, o líder do seguimento emplacou mais de 60 mil unidades somente em 2017, e segue com as vendas disparadas em relação aos seus concorrentes. Confira a lista dos dez sedãs mais vendidos no Brasil:

1º. Toyota Corolla

2º. Honda Civic

3º. Chevrolet Cruze

4º. Volkswagen Jetta

5º. Ford Focus Fastback

6º. Nissan Sentra

7º Citröen C4 Lounge

8º. Hyundai Elantra

9º. Kia Cerato

10º. Peugeot 408

Toyota Corolla Supera a marca de 1 Milhão de Unidades Vendidas
5 (100%) 1 vote

4 thoughts on “Toyota Corolla Supera a marca de 1 Milhão de Unidades Vendidas”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *