Toyota está convocando 379.689 veículos para um Recall por causa do airbags

A Toyota está convocando 379.680 veículos pra recall por causa do airbags que está com defeito, para fazer a troca deste acessório tanto do motorista quando do passageiro.

Os modelos que estão envolvidos nesta convocação são o Corolla, Etios hatch e sedã, além do Fielder, Hilux e também a SW4 esses são os veículos que estão equipados com este acessório defeituoso, que a qualquer momento ser acionados disparando contra os passageiros pequenos fragmentos de metal.

Recall Toyota

Este defeito é provocado por causa de um componente químico que é utilizado para deflagrar o acessório. Esse componente pode se deteriorar por conta das diferentes variações de temperatura ou também pela alta umidade relativa do ar.

Quando isso acontece, essa substância química fica instável e pode causar o acionamento o airbag de forma involuntária com mais força do que o normal, o que acaba rompendo a carcaça do deflagrador jogando pequenos estilhaços de metal junto com a bolsa inflável do acessório.

Fato trágico por conta deste defeito

A falha neste acessório que foi produzido pela empresa japonesa Takata e equipados em várias marcas de veículos causaram 23 mortes na Malásia e Estados Unidos, além de provocar vários ferimentos nos passageiros, inclusive aqui no Brasil.

Por este motivo, a Toyota está convocando 379.680 veículos pra um recall por causa do airbags. No entanto, a montadora japonesa não está sozinha, outras marcas também vão fazer um recall o que soma mais de 3,3 milhões de modelos no mundo inteiro de 34 marcas diferentes de carros e caminhões.

As montadoras que estão convocando os proprietários dos veículos para o recall são: Acura, Audi, BMW, Cadillac, Chevrolet, Chrysler, Daimler, Dodge/Ram, Fisker, Ferrari, Ford, Honda, Jagua e entre outras.

A nova chamada da Toyota está envolvendo 379.689 dos seus modelos de um total de 5.27.595 reparos feitos, dependendo do veículo será feita a troca dos airbags.

Além disso, também será trocado o deflagrado, o tempo de reparo deste problema deve ser de 1h30 há 5 horas para terminar. Os proprietários desses veículos devem entrar em contato imediatamente com a concessionária autorizada para agendar o concerto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *